WARM UP

GUARUJÁ (e foi-se mais um dia) – “Warm up” é um baita nome. Era o último treininho, o de domingo, e acabaram com ele. Mas a expressão resiste. Sempre será preciso “warmupear” um carro de F-1. Vejam que espetáculo este vídeo que o serelepe Ricardo Divila mandou também ontem, com o procedimento de aquecimento de um carro antes de ele ir para a pista. O mais legal de tudo: o vídeo é de 1990, de um divino Leyton House by Adrian Newey. Faz 22 anos. E a F-1 já era assim, limpinha, asseada, precisa, asséptica (perdeu o “p”?), cheia de detalhes. A sala da fábrica parece uma UTI. Coisa linda de morrer, o carro. E hoje esses procedimentos são bem parecidos. Mudam alguns equipamentos, nada mais. O laptop, por exemplo. E os instrumentos no painel. Mas certas coisas, como esquentar o motor antes de sair, nunca vão mudar. É física pura.

Tags:

39 respostas a WARM UP

  1. Marcio K disse:

    E os escapes já saíam por baixo do difusor…

  2. rafa disse:

    Logo aos 15 segundos, aparece no canto superior esquerdo da imagem, um poster de uma Mclaren Mercedes prateada, patrocinio West…ou seja, 1997 em diante.

    So mais um indicio que o video é recente rs

  3. MARCO ANTONIO disse:

    Reparem na asa dianteira alta. Uma tendência iniciada por NEWEY nos carros da March após o fim do “efeito solo” e que persiste até os dias de hoje. Agora carros dependem tanto da pressão aerodinâmica na asa dianteira que niguém consegue mais sair de uma curva de média e alta com aproximação suficiente para ultrapassar.

  4. Ninguém reparou no patrocínio do Osama?

  5. Luis Vieira disse:

    É, realmente a F1 mudou pouco nos ultimos 15 ou 20 anos. Uma pena na minha visão, essa F1 toda “limpinha” tecnologica e profissional é um saco. Tenho saudades da F1 dos garagistas, amadores e pilotos que erravam como seres humanos e não essas máquinhas de condicionamento fisico e mental de hoje em dia que parecem mais robos que gente.

  6. Flavio, lembra quando vc fez um indianagomes que vc achou uma jordan de Rubinho abandonado no interior do RJ, o dono deveria doar ela para esses caras!!! como queria um dia ver de perto esses carros de 1989 a 1995 acho que tinha mais cara de f1!!!

  7. Zansky disse:

    Busca simples em quem postou no Youtoba, http://www.dtperformanceltd.co.uk/index.php
    eles restauram esses carros.
    Aqui as comprovações do que foi levantado http://www.flickr.com/photos/10131211@N03/
    vai lá que tem outras

  8. Roberto Rigo disse:

    Não sei se vou dizer alguma heresia, mas se existe alguém realmente fantátisco na F1 de todos os tempos, chama-se Adrian Newey !!!
    Esse cara tinha que ter um time com o próprio nome !
    Ele é uma verdadeira lenda viva!
    Quando esse cara morrer, o que vai ser louvado vai beirar o exagero. Vai ser objeto de estudo por muitas gerações !
    Viva Adrian Newey !!

  9. Rodrigo Lombardi disse:

    PQP!
    Eu compro!
    Não é propaganda e não está a venda?
    PQP!

  10. Taffa 2CV disse:

    Ia comentar que estava desconfiando da ótima qualidade do video e de uma lanterna LED nos anos 90, mas o Sanzio e o Daniel foram bem mais detalhistas!!

    De qualquer maneira é um excelente video de um dos carros mais lindos que houveram… Foi esse modelo que o Gugelmim capotou em Monza?

    • Danilo Candido disse:

      Não, o Gugelmin capotou com o modelo anterior (CG891), na temporada de 1989, e não em Monza, mas sim em Paul Ricard (França). Depois do acidente foi para a relargada com o carro reserva e ainda fez a melhor volta da prova.

  11. ed disse:

    Claro que dá pra saber que o vídeo não é da época basicamente porque os mecânicos usam uniforme de uma preparadora de carros, e não os uniformes da equipe. A única coisa de Leyton House aí é o próprio carro.

  12. ed disse:

    Lindo vídeo realmente.
    Pena que o carro era uma porcaria! rsrsrs

  13. Zé Dirceu disse:

    Belo post. Mas pela qualidade da imegem parece – me ser mais recente o vídeo, e não de 1990.

  14. Andre Martins disse:

    E o talento de Adrian Newey continua o mesmo!

  15. Leonardo disse:

    Com toda certeza, os anos de 1989 a 1993 foram a época de ouro no design dos carros.

  16. Cristiano Scorvo disse:

    Flávio, que o carro é de 1990, é mesmo. Mas acho que o vídeo não é daquele ano. Motivo: repare que na parede ao lado direito do carro tem um quadro, que é claramente uma Penske, mais precisamente a PC-23 com motor Ilmor (Mercedes em Indianápolis), que correu em 1994. Aparece em 2:33, 3:15 e mais claramente em 3:44. Compare com essa foto (http://americansportsineurope.blogspot.com/2011/03/whatcha-mean-i-cant-park-my-winnebago.html). Não dá nem pra falar que seria um Penske de 1990 (PC-19), porque os carros com a pintura Marlboro eram do Emerson (#1) e do Danny Sullivan (#7), além do que o bico era mais largo. A não ser que o pessoal da equipe tenha feito exercício de futorologia… rs. Abraços e bom final de ano!

  17. Nick B. disse:

    Legal demais, a Leyton House, Fla!
    Curtia muito!
    E vou confessar uma loucura do Nick: Toda vez que eu via a Leyton House do Gugelmin, me dava uma vontade danada de comer cachorro quente! Pode uma coisa dessas? Aquele capacete do Maurício me inspirava a degustar um hot dog.
    Sei lá por que o meu cérebro doido asssociava o casco do Gugelmin com cachorro quente, mas era batata: Leyton House no vídeo, barriguinha do Nick clamando por um hot dog.
    kkkkkkkkk.

    Bitocas.
    Nick B.
    (pensando em mandar ver num geneal).

  18. Piloto disse:

    O Luisinho falava que tinha que esquentar bem o carro antes de andar no limite

  19. Flavio disse:

    Video espetacular com o carro mais bonito da F1.

  20. ranierinery disse:

    É verdade ou lenda que o Piquet inventou essas capas de aquecimento do pneu??

  21. Renato disse:

    Show! Mas acho que o video não é de 1990. Além de ser em HD, na parede tem um quadro do Toyota Gt-one de 1998.

  22. Danilo Candido disse:

    Fantástico !
    E que lap top é aquele ???? Parece mais um “Pense Bem”, da Tec Toy…

  23. Paulo Torres Garcia disse:

    Olá, Flávio.
    Mas os caras, depois de toda fleuma, também se divertiam:

    http://www.youtube.com/watch?v=m7jy9Tjziwk&feature=player_embedded

    Boas “férias” e ótimo ano novo.
    abraço,

  24. Oliveira disse:

    Bem legal! Nunca imaginei como era um Warm Up. Pensava que era só por o carro para andar…

  25. Realmente o vídeo é demais, e o carro é a coisa mais linda do mundo. Mas definitivamente não é de 1990, basta olhar a oficina, as caixas de ferramenta, os quadros na parede e a própria qualidade da imagem.

  26. RafaBalneário disse:

    Para quem gosta de automobilismo esse video é grande presentão. Muito legal mesmo, esse video me faz lembrar um pouco outro video que já foi postado aqui do arrepiante comercial da Shell onde mostram as Ferraris.

  27. André Luis disse:

    PARABÉNS uns dos videos mais belos da F1 que você ja Postou Flavio, muito bom, se tiver de outras equipes poste, saudades destes carros, carros bonitos e bem limpos sem tantas asas e penduricalhos , hoje os carros nao tem essa beleza, a Williams 1994 foi outro belo carro, como seria bom que o regulamento de hoje fosse igual o desta época. onde a Eletronica era minima em relacao a hoje, e o piloto quem tinha que fazer a diferença.

    BELO POST!
    FELIZ 2012.
    Obrigado!!!

  28. Sanzio disse:

    Flavio, sei não… Tem certas coisas que denunciam esse video aí. As linhas de filmagem, a qualidade do video… A lanterna de LED por exemplo, é coisa recente; a garagem, parece a do Tony Fernandes… Algum leitor mais afeminado pode confirmar, mas até o corte de cabelos na época também parece que era outro.
    Tudo bem que tem o notebook pré histórico, mas pode ser que faça parte do pacote do carro.
    Acho que foi filmado por essas épocas.

  29. Marcio disse:

    Por que tinha um poster de um carro da penske na parede?

  30. disse:

    Em 95 perdi o warm up em Interlagos. Os caras abriram os portões 15 minutos dos carros irem para a pista.
    Sempre que vejo um F1 sendo preparado lembro da história que o Luizinho contava. A Tyrrel que o Stewart foi campeão em 73 ficava guardada na equipe Hollywood. “Ah, ligaram que era para levar ao autódromo que o Émerson tinha gravação para os relógios Timex. O Darcy e Eu demos uma revisada, no dia seguinte dei uma acelerada na beira da represa, e a levamos numa F 4000 para a pista…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>