Placas do mundo todo | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 28 de agosto de 2007 - 17:39Sem categoria

Placas do mundo todo

SÃO PAULO (D 040267) – Você lembra da placa de seu primeiro carro? Provavelmente sim. Quem já não jogou o número da placa do carro no bicho? Meu primeiro, um Gol, era CA-4343, de São Caetano do Sul. Meu primeiro DKW, AE-1998 — sua última placa amarela, de Porto Alegre.

Esses números vieram à minha memória depois de um papo, semana passada, com o Sergio Berezovski, da “Quatro Rodas”, que me vendeu esse carro em fevereiro de 1988 (caramba, ano que vem ele faz 20 anos comigo!).

Aí, dando uma passeada pela internet, encontrei este site maravilhoso, que traz as placas de todos os países do mundo, com detalhes ótimos como as placas especiais para carros de polícia, ambulâncias, veículos diplomáticos, etc. e tal.

E não são só atuais, não; tem coisa antiga, também, do pré-Guerra, durante a ocupação de certos países, de todos os Estados americanos e muito mais.

Abaixo, os modelos antigos brasileiros. Essa página merece demorada visita. Onde mais você encontraria a placa de um carro da Bósnia? Ou de Chipre? Ou da Alemanha Oriental? Vá lá e divirta-se.

49 comentários

  1. Cristiano disse:

    Tenho um carro a placa tm o seguintes número 2222 gostaria de saber o significado. ..

  2. Amiti disse:

    Tenho uma placa antiga ( GUANABARA 5-23-84) gostaria de saber qual data que foi usada e sua cor original se alguem poder me ajudar agradeço.

  3. Multiland disse:

    Tenho as placas amarelas refletivas do meu Dodge Charger RT amarelo teto preto 1975 DQ8800, Tres Pontas-MG, com plaquetas de 1981. O Amarante ja viu e gostou.

    • Amigo do Vizinho disse:

      E a placa daquela Kombi Alemã do seu corôa? E a do Karmannguia vermelho conversível? E a da International laranja? E a do Puma prata? Qual é mesmo o nome daquela raridade que só você tem, que leva as noivas da família para o casamento? Abs …

  4. Laire disse:

    Já que o negócio é saudosismo,em termos de placas,ha o
    que se pensar da época em que as bicicletas,tinham placa.
    Lembro-me bem de ter que ir ao Detran/MG/BH com meu pai,para emplacar nossas bicicletas.Verificavam faróis,cam-
    painha,estado dos pneus, freios e numero “do chassi”.Se
    tudo ok,emplacavam com sêlo e tudo.Fazem uns 40 anos!
    Saudades!

  5. Amarante disse:

    É, placas amarelas, lembro do meu opalão 79 placas VV-6464. Deixou saldades, mas fiquei com a placa quando ele foi vendido em 1993. Alguem tem placas? Não quer mais? Me escreva amarante@varginha.com.br. Um abraço ao Gilberto do comentário acima de 29/06/2009, já trocamos algumas placas. Abraços a todos e parabens pelo site.

  6. Sergio R disse:

    Olá, encontrei hj uma placa de 1957 segundo suas fotos de placa……, em nossa loja que ja tem 60 anos, estava em cima do telhado no forro… rsrs
    valeu.,…

  7. Caroline disse:

    Isso é verdade. Os dois escorts estão com meu pai Jaime. o Azul, de placa AAA-0011 tem menos de 50.000 km, e o da placa AAA-0001 tem menos de 1.000 km.
    Abraços

  8. WILSON disse:

    AAA 0001 e AAA 0011, as duas placas ainda pertencem ao Jaime, do Cicles Jaime, ambas em Escorts XR3, a primeira em um modelo conversível e a segunda em um modelo com teto duro, e ambos em perfeito estado de conservação e com kilometragem muito baixa. Na época do lançamento das placas, isso virou uma mania, eu tive um Maverick V8 1974 com placa ANO 1974, um Fusca 1977 com placa AGE 1977, uma Dodge Utility 1952 com placa AGE 1952 (age = idade/época, em inglês), e por aí vai…
    Abraços !!!

  9. Gilberto disse:

    Caro Flavio, “Indiana”… Gomes, tenho acompanhado seu trabalho e, acho o maximo… vc realmente e muito bem informado…principalmente sobre os veículos nacionais.. detalhes que muitos se esqueceram e, nao constam de nenhuma bibliografia..
    PLACAS: Sou colecionador e gostaria de me corresponder com outros “malucos” por esses souveniers… pode botar meu e-mail “gceleghim@gmail.com”..
    Grato e parabens….

  10. Roberto disse:

    Existem aqui no parana diversos carros com a placa “ANA”.

  11. Renato Trajano de Morais disse:

    Flavio eu sou fabricante de placas de veiculos em Brasilia .
    OPÇÃO PLACAS
    como eu consigo foto de todas as placas já frabricadas no Brasil
    prá montar um banner para eu botar na recepção da loja

    OBRIGADO.
    BRASÍLIA 08-04-2009

    • Rodrigo Niccioli disse:

      Renato você disse que faz placas de carro aí em Brasilia, você consegue reproduzir por exemplo a placa laranja de londrina, no mesmo padrão porem com outros numeros? se sim, qual seria o valor

  12. Gabriel disse:

    É verdade, eu lembro da AAA-0001, arrematada em leilão. Se não estou enganado é um XR3 conversível que pertencia ao dono da Cicles Jaime, uma famosa loja de bicletas aqui de Curitiba.

    De vez em quando aparecem alguns carros novos com o prefixo AAA por aqui (já vi Idea, Corolla novo, Fusion…).

  13. ana claudia disse:

    existe placa de carro com o nome “ana”?

  14. Marcio disse:

    Meu 1º carro foi um Chevette 1981 placa MO-0227. Alguem sabe como descobrir o paradeiro destes carros que foram vendidos ainda com a aplaca amarela????

  15. Juliano disse:

    Ah, obrigado por lembrar do meu Estado, Goiás, a placa exposta de 1967!
    Valeu!!!!!

  16. Juliano disse:

    Gostaria que fosse exposto nesse sítio, as placas de três letras de todas as categorias, acho que seria informativo para todos nós!
    Gostei do sítio!

  17. Cesar Costa disse:

    Meu primeiro carro foi um Oldsmobile 1948 (seis anos mais velho que eu). Se não lembro nem o que bebi ontem, vou lembrar da placa dele?

  18. Gabiru disse:

    MEu primeiro carro foi uma Ferrari F355. Placas FER 0356, SP. Não tenho muitas saudades, achava o carro muito baixo e apertado. Troquei numa 456 GTA. Essa sim, uma máquina. A placa é GAB 0456.

  19. RL disse:

    FG,
    Meu primeiro carro jah tinha placas de 3 letras, um Del Rey serie Ouro, placas JDS-0778, nunca mais vi o carro. Mas falando em antigos a Vemaguet tinha placa AB-7388, procurei este carro por anos a fio, por vezes eu ligava para o detran, com o intuito de conseguir alguma informacao, dizendo-me interessado no carro, e naaaaada.
    Depois que o carro jah era meu, com a placa JFA-8640, descobri que tao logo o dono na epoca comprou o carro ele trocou por uma placa especial RA-2222, aqui em Brasilia tinha uma maluquice assim vc podia trocar de placa qdo quisesse bastava pagar por isso!
    Bom, dia desses passeando na oficina do meu mecanico, ele tinha pecas para vender, um lote grande de pecas, qual foi minha surpresa ao encontrar no meio daquilo tudo as duas placas RA-2222, separei o que eu queria e claro levei as placas.

  20. André Grigorevski disse:

    O Escort AAA-0001 eu não sei… Espero que esteja bem guardado. Já a placa AAA-0002 pertence a um Cadillac que está no Museu do Automóvel em Curitiba. No mesmo museu há outros antigos com a placa “AAA”.

  21. Leon disse:

    Por falar em placas, se não me falha a memória, quando foram lançadas as placas com 3 letras, em 1991, a placa AAA-0001 foi levada à leilão no Paraná, arrematada por um proprietário de Escort. Será que esse Escort ainda existe? Em que estado (de conservação)?

  22. pauloaidar disse:

    Ah.., esqueci …devidamente destruído num cruzamento no Paraíso em cima de um fusca de um Delegado de Policia..(detalhe..eu com 16 anos..)

  23. pauloaidar disse:

    Chevette 1974, azul royal, com rodas scorro, pneu CN36 Pirelli, coletor Grand Prix, faróis dianteiros de Fiat 147, conta giros digital, volante F1,parabrisa degradê,som TKR, tweeters selenium, amplificador Cash Box e depois Tojo…PLACAS DV 5348 (amarelas…)

  24. Marcelo Liberatori disse:

    Meu pai tinha um Corcel LDO 78 placas KH 5040. Até aí nada de estranho. Um dia paramos em um eestacionamento e meu pai falou para o manobrista, pega lá o KH (cagá) e achei super engraçado na época, coisa de criança que nunca mais sai da memória.

  25. Augusto Freire disse:

    A Vemaguet do meu pai, a mesma que é minha, hoje. Placa 2-74-91, depois AA-2643, hoje JFQ-2643.
    E o primeiro carro que comprei, um Passat LS 76, azul, placa AK-3247. Até pouco tempo lembrava-me de todas as placas dos carros que tive. Hoje confesso que (a idade chega) esqueci algumas. Mas tenho todas anotadas.

  26. Episcopo disse:

    Viajei nas lembranças !
    KI -2592, meu primeiro carro, um Maverick Super 6 cilindros, ano 74. Ficou 15 anos na família, sendo que os últimos 5 inteiramente meu… Minha mãe abandonou o carro na rua por mais de um ano, até que um dia eu falei: “É meu agora, vou restaurar e todos os gastos são por minha conta, só que só eu dirijo ele agora”… Saudades do “Trovão Azul” !(rs)

  27. lupahp disse:

    a vemaguet 62, laranja e branca era 14-06-81, depois ad-9104. a belina 73, vermelha, era aj-1426. um charger, 74 af-1208, o passat pointer 88 era gok-9612, o apollo gls era gmi-1356. a palio weekend 98, gxk-0643os outros, esqueci, estes, sempre soube

  28. Júnior: o verdadeiro disse:

    Lembrei aqui o Fusca 66 bordeaux. afinal foram 80.000km. Agora placa… aí é forçar demais. Não lembro nem os carros…

  29. Romeu disse:

    A minha primeira, como a do Regi era placa de Matuza, não tinha letras.
    18-77-21 Dauphine 63.

  30. André Grigorevski disse:

    WT-8123… Passat LS 3 portas 1980, verde pampa. Dessa placa eu não me esqueço, mesmo que este carro já não esteja na família (foi levado por algum “amigo do alheio”) desde o final dos anos 80, quando eu devia ter uns 10 anos. Alguns dos carros que vieram depois eu me esqueci, outros não.

    Meu primeiro carro (Fusca 1300L 1979) eu não esqueço também: KTE-0149.

    Jason, se não me engano as placas dos carros usados no RJ mudaram em 1996. Lembro disso porque no final deste ano meu pai tinha um Verona GLX 1992 (um carro que deixou saudades…) e recebeu uma carta do Detran com a indicação da nova placa para que ele fosse trocá-la. Acabou que isso nem aconteceu, pois o carro foi trocado por um Palio EL 1996 (por isso me lembro do ano) e comprador do Verona que trocou as placas para a cinza.

  31. sergio lotti disse:

    meu primeiro carro, foi comprado em 1983, um maverick 1974, prata, rodas de magnésio, 4 marchas, câmbio em cima,e placas ac0007.
    um espetáculo, minha filha taty, tinha que passear quase todo dia para poder dormir.
    saudade, uma foto e se dinheiro tivesse iria procurar o bichinho.
    súde e paz!

  32. Beto Traballi disse:

    O mais engraçado foi uma vez na Bahia com os meus pais encontramos um carro com a mesma placa do Passat TS ZI 7107 que tínhamos. Quando? Fácil, eu tinha uma camiseta escrita – Verão 80 – Camping Club do Brasil.

  33. Thiago disse:

    GD-9970
    Lagoa Santa – MG
    Foi a segunda placa do Dodginho 80 que ainda esta aqui com a gente. Foi JH-1200 e agora carrega essa horrorosa placa cinza. Nao sei, eu nao conseguia ver o Dodginho com placa cinza, mas tive de entubar. Sorte que meu pai guardou a placa dianteira ..ehehe…eu me lembro que o TAG era para visitar ouro preto ( isso em 80, 81)..

    Abraços.

  34. Tarsis disse:

    Eu achei q era bom de Geografia….sempre pensei que Bayeux…fosse na França…não na PB…tenham dó.

  35. Wilson disse:

    OH-7705. Maveco azul metálico do meu pai. Ele vendeu pra comprar uma ambulância, digo, uma (argh) Belina branca LDO, 78, placa GW-4320, pelo consórcio da Souza Ramos.

  36. Jason disse:

    Guanabara, FA-4272 – o Corcel do meu velho.

  37. Sérgio Barros disse:

    Essas azuis, fininhas e verticais… lembro de acompanhar meu pai quando tinha que trocar, acho que de ano em ano se não me engano, parecido com aquele adesivo cinza que tínhamos que colar no pára-brisa.

    Ah, tinha aquele também anual para quem tinha carro a álcool, no final da década de 70….

  38. reginaldo disse:

    16-22-21- são paulo-sp
    caramba, faz temmmmmmpo
    era uma Deka……..

  39. Polesitter disse:

    O Bar das Placas que o Vitão se refere fica na BR 101 entre Penha e Navegantes.

  40. Sergio SP disse:

    TL 8059, Fusca 83 cinza, álcool. Meu saudoso primeiro carro, roubado na Alameda Santos em 1992.

  41. Jason disse:

    As datas nas legendas é que estão erradas: as placas com duas letras entraram em cena em 1971 (e não em 1968).

    Já as cinzentas de três letras foram chegando aos poucos: em meados da década de 90 ainda tinha carro com placa amarela.

    Aqui no Rio, só em 1994 os carros usados tiveram que trocar a placa amarela pela cinza.

  42. Pedro Neto disse:

    legal, minha Londrina foi lembrada…rs!

  43. vitão disse:

    vi num programa (acho que esses de caminhões, carrreteiro, etc) um bar em SC que tem mais de 4.000 placas, muitas da década 30, 40 etc. Acho que na BR-116, perto da divisa com RS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>